Scouting Reports

EUROCOPA Sub-21 – PFTFs da fase final (GRUPO A)

Trouxemos ao blog a entrevista traduzida do meia italiano Andrea Pirlo concedida a UEFA, a respeito da Eurocopa sub-21 desse ano que está sendo sediada por Itália e San Marino.

Primeiramente, iremos explicar de forma simples e resumida como é o regulamento da competição, visto que já estamos na segunda parte do torneio, ou melhor, na fase final.

A fase classificatória da Euro ocorreu entre 25 de março de 2017 até o dia 20 de novembro de 2018, em que 54 seleções europeias foram divididas entre 9 grupos com 6 equipes em cada um deles. Cada equipe jogou 2 partidas (dentro e fora de casa) com os 5 times restantes de cada grupo, e os primeiros classificados de cada um dos 9 grupos passaram para a próxima fase, além dos quatro melhores segundos colocados que realizaram uma espécie de “mini” playoffs, acrescentando mais 2 seleções à próxima fase.

No total, as 11 seleções se uniram a anfitriã Itália, completando então a fase final e atual, onde as 12 seleções restantes foram separadas entre 3 grupos com quatro equipes cada e jogam contra os outros 3 adversários de seus respectivos grupos, ou seja, a Itália que pertence ao Grupo A enfrentará outros 3 participantes desse mesmo grupo. Por fim, teremos a classificação as semis ocorrendo com os primeiros colocados dos 3 grupos e o melhor segundo colocado dessa fase, que se enfrentarão mais a frente e decidirão quem irá para a grande final.

Ufa…

Dito isto, vamos agora apresentar os elencos e os Players For The Future que podem ajudar os seus respectivos países a beliscarem uma vaga nas semis e quem sabe, na final:

GRUPO A (Itália, Bélgica, Espanha e Polônia)

Nicolò Zaniolo #8, Itália – 19 anos, meio-campista, Roma

O elenco italiano é no mínimo um dos melhores do torneio, em que poderíamos citar ao menos 5 jogadores de enorme potencial e que tem a capacidade para se tornarem “elite” nos próximos anos.

Zaniolo é um deles e tem tudo para ser uma referência em termos técnicos no elenco da Roma, e muito provavelmente, em equipes maiores da Europa. Foi formado nas equipes de base da Fiorentina e se transferiu para o Virtus Entella em 2016 logo aos 17 anos, pouco jogou pela equipe durante a Serie B Italiana (apenas 7 jogos), mas, ainda assim fora chamado em naquele ano para fazer parte da seleção sub-19 e sub-21 da Itália. Ainda em 2017, chegou a ser cedido a Inter de Milão, onde atuou no Campionato Primavera, Coppa Italia Primavera e UEFA Youth League que são, respectivamente, uma espécie de “Primeira Divisão” e “Copa” dos times italianos sub-19, e por fim, a “Champions League” de equipes de base. Não chegou a jogar pelo elenco principal da Inter e acabou se transferindo para a Roma em 2018 onde participou de 36 partidas pelo clube da capital e anotou 6 gols e 2 assistências. Além de marcar gols importantes pela Serie A Italiana e pela Champions League, Nicolò ainda levou a Itália sub-19 às semi-finais do Campeonato Europeu da categoria com 1 gol e 3 assistências.

Outros nomes para se observar: Sandro Tonali, Nicolò Barella, Federico Chiesa, Patrick Cutrone e Moise Kean.

Nicolò #10 pela base da Fiorentina vs Torino

Dodi Lukebakio #11, Bélgica – 21 anos, atacante, Fortuna Düsseldorf (Watford)

Lukebakio iniciou a sua jovem carreira no futebol pela base (e que base) do Anderlecht da Bélgica, aos 16 anos foi companheiro de alguns dos atletas hoje presentes no elenco belga sub-21, como o centroavante Iseka e o defensor Wout Faes, além do ótimo Tielemans que apesar de não estar na competição, já atua pela seleção principal de seu país. A sua estreia pelo tradicional time do Anderlecht só veio a ocorrer em 2015, e parece que desde cedo Dodi apresentava um certo faro para gols em jogos importantes, quando marcou pela primeira vez num empate contra o Standard Liège. Por lá, participou de 18 partidas e anotou 1 gol e 1 assistência e acabou emprestado ao Toulouse da França, onde pouco na temporada 16/17, e depois ao Charleroi da Bélgica em 17/18, conseguindo fazer parte de 21 jogos e produzindo 3 gols e 5 assistências. Amadurecimento. Foi vendido então ao Watford ainda em 2017/18, e teve a chance de jogar por míseros 16′ em um jogo da Premier League, sendo emprestado logo depois ao Fortuna Düsseldorf, onde fez uma temporada simplesmente espetacular, mais uma vez, marcando gols em jogos importantes: 14 gols e 4 assistências em 34 partidas disputadas. Anotou 3 gols no empate contra o todo poderoso Bayern de Munique (3×3) e um tento na vitória sobre o Borussia Dortmund (2×1), além de outros gols contra adversários diretos na fuga contra o rebaixamento – magistralmente alcançada, por sinal.

Outros nomes para se observar: Dion Cools, Yari Vershchaeren e Siebe Schrijvers.

Hat-trick anotado por Dodi vs Bayern

Dani Olmo #19, Espanha – 21 anos, meio-campista, Dinamo Zagreb

Dani é “natural” de La Masia, base do Barcelona e, apesar fazer parte de um dos clubes que melhor forma seus jogadores em toda a Europa decidiu ir para a Croácia em busca de maior protagonismo e também, oportunidades, conforme dito pelo próprio a um jornal croata:

“Barcelona é o maior clube do mundo e que dá chances para seus jovens. No entanto, não há outro clube onde, na minha idade, eu teria tantas oportunidades como o Dinamo.”

E acrescenta:

“Quem poderia me oferecer isso na minha idade? Barcelona? Sem chance! Estou me desenvolvendo muito mais rápido do que em qualquer outro lugar, mesmo no La Masia”

Olmo já soma mais de 100 jogos no time principal do Dinamo, e junto dessas partidas ele já conseguiu 21 gols e 16 assistências, além de ter conquistado 4 Campeonatos Croatas e 2 Copas da Croácia – no último título nacional foi eleito o melhor jogador e melhor jovem do torneio. Tem qualidade acima da média e sabe muito bem como marcar e produzir gols para seus companheiros. Olmo busca, no entanto, mais oportunidades no excelente elenco da Espanha sub-21 que conta com jogadores do porte de outro Dani, dessa vez o Ceballos (23, Real Madrid) vencedor do Golden Player da Euro sub-21 de 2017. Ele tem o que é necessário para acrescentar e muito ao time, com qualidade nos passes e uma veia goleadora, apesar da sua posição em campo. Times como o Barcelona, Valência, Milan e Bayer Leverkusen tem interesse no meia e tem monitorado a sua situação na Croácia.

Outros nomes para se observar: Dani Ceballos, Pablo Fornals, Fabián Ruiz, Igor Zubeldía e Marc Roca.

Resultado de imagem para dani olmo
Getty Images

Dawid Kownacki #9, Polônia – 22 anos, centroavante, Fortuna Düsseldorf (Sampdoria)

Kownacki foi o artilheiro da Polônia na fase classificatória (anterior a atual), iniciou a sua carreira em um grande clube de seu país natal: o Lech Poznan, onde estreou em 2015 aos 17 anos de idade. Por lá, conquistou dois títulos, sendo um deles o da Liga Polaca e o outro da Supertaça da Polônia, além de anotar mais de 25 gols entre as temporadas de 2013/14 a 2016/17. O seu faro de gol e habilidade em carregar a bola em velocidade lhe renderam uma transferência para a Sampdoria, na Itália Dawid participou da temporada 17/18 e anotou 8 gols e 2 assistência pelo clube genovês, assegurando assim uma vaga no elenco para o próximo ano, ou melhor, pelo menos para o primeiro semestre. Ainda chegou a marcar 2 gols e a assistir a 1 companheiro para gol antes de ser emprestado ao Düsseldorf e se tornar companheiro de time de Lukebakio (supracitado). Em terras germânicas Dawid manteve o bom rendimento nas 11 partidas em que esteve presente, além da boa movimentação, criação de oportunidades e um olhar atento de quem sabe marcar gols, entregou 4 tentos e 1 assistência que renderão ao Fortuna mais um ano na disputada Bundesliga. Ele já é considerado por alguns como o “novo” Lewandowski, a verdade é que isso ainda está um pouco distante de acontecer, mas que ele pode vir a ser tão importante quanto o verdadeiro Lewa, isso pode.

Outros nomes para se observar: Krystian Bielik, Sebastian Szymanski e Konrad Michalak.

Gol de Dawid vs Borussia Dortmund – 00:36

Comente aqui qual desses atletas você acredita que merecem oportunidades em clubes (maiores) da Europa e qual deles você mais gosta de ver jogar.

1 comentário em “EUROCOPA Sub-21 – PFTFs da fase final (GRUPO A)

  1. Pingback: 10 Players For The Future para se acompanhar após a Euro Sub-21 – Players For The Future

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: