Artigos Scout PFTF

Scout PFTF – Leonardo Campana

USA v Ecuador: Quarter Final - 2019 FIFA U-20 World Cup : Fotografia de notícias
TF-Images/Getty Images

Nome: Leonardo Campana Romero

Idade: 18 anos (24/07/2000)

Melhor pé: Esquerdo

Naturalidade: Guayaquil, Equador

Posição: Centroavante

Clube atual: Barcelona Sporting Club (Equador)

Diferentemente das histórias partilhadas por muitos jovens jogadores que ingressam no mundo do futebol, Leonardo não veio de uma família cuja renda e futuro dependiam exclusivamente do seu sucesso em campo. Seu pai é um ex-tenista que chegou a disputar os Jogos Olímpicos de 1996 e é hoje o ministro de Comércio Exterior de seu país, sua avó é empresária e uma das pessoas mais ricas do Equador e responsável por boa parte das boas mudanças vividas por sua cidade natal e, por fim mas não menos importante, seu avô já foi presidente do Barcelona de Guayaquil e tem o nome registrado no estádio do clube: Monumental Isidro Romero Carbo.

Análise

Leo Campana, como é conhecido em Guayaquil e também no Equador afora, é um centroavante canhoto de 1,87m de altura e foi campeão pela seleção de seu país no torneio Sul-Americano Sub-20 ainda em fevereiro desse ano, sendo o artilheiro da competição com 6 tentos anotados.

Iniciou a sua carreira em 2016 pelas divisões de base do Barcelona SC – maior time de seu país, onde anotou 21 gols em 21 partidas. Em 2018, Campana foi integrado ao sub-18 e conseguiu a marca de 20 gols em 19 partidas, o que lhe rendeu um upgrade ao time principal do Barcelona de Guayaquil, tendo feito a sua estreia no dia 03 de março de 2019 frente ao Independiente del Valle.

Apesar de sua altura e força física demonstrarem se tratar de um centroavante mais ligado a área – o que não é mentira, Leo tem algumas características que lhe colocam mais a par do jogo, participando do jogo coletivo e ajudando a sua equipe a criar ameaças frente aos adversários.

As suas principais características são: um bom controle de bola e posicionamento, o que consequentemente lhe permite realizar antecipações e ótimos pivôs próximos da área adversária, tem velocidade e qualidade no jogo aéreo. Tais características fazem de Campana uma ameaça tanto pelo chão quanto pelo ar e acrescentam um bom repertório ao seu estilo de jogo.

A imagem acima mostra o início de uma jogada em que Campana aplica um drible de corpo ao tentar ludibriar o seu marcador (central pela esquerda), quando aparenta se deslocar para as costas do mesmo, retorna para receber a bola em passe de Alemán (que atravessará a parte tracejada em vermelho) e irá em direção ao centroavante (no círculo avermelhado). Ao receber a bola, o zagueiro do lado esquerdo (mais próximo de Leo) avança sobre o centroavante buscando evitar o passe ou que Campana sequer toque na pelota, e esse movimento acaba por deixar um “espaço” em suas costas que será ocupado por Christian Alemán (atleta que inicia a jogada) após assistência vinda de um movimento de pivô feito por Leo, que termina no terceiro gol da partida.

Aqui podemos ver o início de uma jogada que resultará em mais uma assistência de Campana, dessa vez pelo Sul-Americano Sub-20 de 2019. Leo (representado pela marca de branco) se descola da marcação dos zagueiros peruanos e antecipa (junto ao círculo destacado de vermelho) para retribuir o passe dado pelo seu companheiro, dessa vez, o pivô é feito pelo ar com um toque de cabeça que deixa os zagueiros do Peru desprevenidos e permite uma progressão do jogador equatoriano dentro da área com espaço para remate que acaba sendo gol.

Aqui vemos a movimentação ofensiva de Campana em busca de espaços na grande área para finalização, o zagueiro venezuelano o acompanha desde a entrada para a grande área, quando Leo parece antecipar-se a frente do marcador e então recua as suas costas. O zagueiro em questão está com o corpo e a cabeça projetada em direção a bola e se “perde” do centroavante equatoriano que está na parte de trás, o que acaba por permitir uma infiltração de Campana ao seu lado (no ponto destacado de vermelho) e confundir o marcador. Leo consegue dominar a bola num movimento em que combina uma “bicicleta e um voleio” e faz o gol mesmo deitado no gramado.

Gol de Leonardo Campana v Venezuela – Sul-Americano Sub-20

Campana é o primeiro Player For The Future apresentado pelo Scout PFTF. Como dito, é um jogador cuja inteligência e mobilidade se aliam à força física e estilo de jogo ligado a um camisa 9 típico, entretanto, é capaz de auxiliar a equipe durante as criações das jogadas ofensivas e está sempre pronto para servir através de passes curtos próximos da área adversária ou para finalizar, independente de como a bola chegue a ele.

Conclusão

O Flamengo é um clube que poderia representar um passo adiante na carreira de Campana e também no esquema de jogo (costumeiramente) utilizado pelo treinador português Jorge Jesus. Jesus tem apego ao jogo ofensivo, com passes rápidos e verticais (em direção ao gol), muita pressão ao portador da bola e defesa que joga em linha alta, resumindo, é um time que “não para”. As suas táticas preferidas são o 4-4-2 e o 4-1-3-2 sendo que um dos 2 centroavantes é necessariamente alguém que possua bom físico, altura, tenha bom tempo de bola e antecipação para realizar pivôs que ajudem a equipe (em velocidade) a chegar a área adversária e que saiba finalizar bem.

As características descritas acima se enquadram especialmente em 2 jogadores que trabalharam no papel de “camisa 9” num passado recente com o treinador: Óscar Cardozo e Bas Dost. Óscar apresentava um ótimo posicionamento ofensivo, apesar de não ser um atleta veloz o centroavante compensava pela inteligência e pela qualidade na antecipação e no movimento dos pivôs que ajudavam a equipe a se estabelecer no campo de defesa do adversário. Bas Dost é um holandês de 1,96m, finalizador letal e que possui características semelhantes ao benfiquista, faz gol de todos os jeitos, é um camisa 9 típico e assim como Óscar Cardozo, fizeram mais de 30 gols sob o comando de Jorge Jesus.

Ajude-nos a crescer

Essa é uma forma de nos ajudar a melhorar. Faça uma pequena contribuição para que possamos fazer mais análises, textos e melhorar cada vez mais a quantidade (e qualidade) dos jogadores indicados.

R$5,00

Em termos de contratação, Leo Campana pode tem alguns contras que devem ser observados com cautela. A sua pouca idade e consequente pouca experiência podem pesar, tal como a adaptação em outro país e uma nova liga de futebol – de maior qualidade, por sinal. Por fim, o seu valor de mercado de acordo com o site especializado Transfermarkt é de 2 milhões de euros, valor esse um pouco salgado para um jogador de 18 anos, entretanto, por se tratar de um jogador que demonstra ter uma grande carreira pela frente e poderia vir a ser a peça que falta ao ataque rubro-negro, podemos dizer no entanto que apesar do risco o investimento poderia ser feito. O Flamengo das contas em dia não deve vir a sentir um baque muito grande caso uma compra fosse de fato realizada, o ganho esportivo e, consequentemente, comercial poderia vir ainda nesse ano caso houvesse a conquista de algum título de expressão e a valorização do próprio atleta que poderia ser negociado daqui a alguns anos.

*Foto por Marc Atkins – FIFA/FIFA via Getty Images.

Comente aqui o que você achou do centroavante equatoriano Leonardo Campana e se você acredita que ele se encaixaria bem no Flamengo ou em outras equipes que disputam o Brasileirão.

1 comentário em “Scout PFTF – Leonardo Campana

  1. Pingback: Scout PFTF – José Cifuentes – Players For The Future

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: