Artigos Scout PFTF

Scout PFTF – Wuilker Faríñez

Um dos clubes mais vazados do Campeonato Brasileiro atual, o Fluminense pode encontrar em Wuilker Faríñez a solução dos seus problemas. O jovem goleiro de muita velocidade e bons reflexos tem tudo para se tornar um jogador de topo, e uma ida ao clube das laranjeiras poderia lhe beneficiar duplamente.

Nome: Wuilker Fariñez Aray

Idade: 21 anos (15/02/1998)

Altura e Peso: 1,81 cm e 84 kg

Melhor pé: Direito

Naturalidade: Caracas, Venezuela

Posição: Goleiro

Clube atual: Millonarios (Colômbia)

Alessandra Cabral/Getty Images

Titular em todos os jogos da seleção da Venezuela durante a Copa América, Faríñez já demonstra o porquê tem sido cobiçado por times como o Benfica e Barcelona, com defesas elásticas e milagrosas que ajudaram a seleção de seu país a alcançar as quartas de final da competição.

Análise

Faríñez teve sua carreira iniciada no Caracas-VEN, onde desde os 17 anos já assumira a meta do clube que lhe trouxe ao mundo do futebol. Ainda em 2015 chegou a ser convocado para a disputa da Copa América no Chile e mesmo não jogando, se tornou o atleta mais novo presente na competição – também foi chamado para a Copa América de 2016, onde também não jogou. Esteve presente (como titular) nas seleções de base da Venezuela Sub-17 e Sub-20 e se transferiu em 2018 para o seu clube atual, disputando a Libertadores, Sul-Americana, Copa e Campeonato da Colômbia, além de ser o goleiro titular durante as Eliminatórias para a Copa de 2018 na Rússia e o principal goleiro do país.

Apesar de sua baixa estatura para os padrões da posição em que ocupa no gramado, o arqueiro venezuelano compensa por sua velocidade, tempo de reação, reflexos e situações de um contra um.

Entretanto, como nem tudo são flores, existem duas características a serem potencializadas no Player For The Future de hoje: as saídas de bola com os pés, principalmente em se tratando dos passes longos, e a simplicidade na hora de defender o esférico. Ao dizer simplicidade, nos remetemos a resposta dada por Alisson Becker, goleiro da seleção brasileira, sobre a falta cobrada por Messi e lindamente defendida pelo goleiro gaúcho durante a Copa América vencida pelo Brasil nesse ano:

“O Messi bateu muito bem, como sempre, é um craque, um exímio cobrador de faltas, um verdadeiro craque. Agora eu estava favorecido pelo ângulo que foi a falta, consegui ficar mais posicionado um pouco mais no meio do gol e isso me facilitou de fazer a defesa de uma maneira mais simples

Ou seja, ser simples não está condicionado a não realizar defesas difíceis ou pouco elásticas, pelo contrário, demonstra uma segurança e força mental acima do comum por quem as pratica. No caso do arqueiro venezuelano, Wuilker demonstra certa propensão em realizar saltos para acrescentar beleza às suas defesas. Tal característica se mantém presente no seu estilo de jogo devido a (pouca) experiência do jovem goleiro e também por sua idade.

Números em 2019:

Millonarios (Primeira Divisão Colombiana)

  • 24 partidas disputadas
  • 17 gols sofridos
  • xCG 26.39
  • 82 remates sofridos
  • 65 defesas (52,3% com reflexos)

Venezuela (Amistosos e Copa América)

  • 8 partidas disputadas
  • 7 gols sofridos
  • xCG 10.59
  • 30 remates sofridos
  • 23 defesas (47,8% com reflexos)

Afinal de contas, o que significa xCG (expected conceded goals = gols sofridos esperados)?

Resumidamente, xG é a estatística que demonstra quantos gols um time ou jogador “deveria” ter marcado em um jogo, baseado na qualidade das chances que tiveram durante a partida. No caso dos goleiros, a estatística utilizada é o xCG, que nos traz quantos gols o guarda-redes “deveria” ter sofrido. No caso do PFTF de hoje, era esperado que Wuilker Faríñez sofresse 26 gols no Campeonato Colombiano até então, no entanto, ele concedeu apenas 17.

Ajude-nos a crescer

Essa é uma forma de nos ajudar a melhorar. Faça uma pequena contribuição para que possamos fazer mais análises, textos e melhorar cada vez mais a quantidade (e qualidade) dos jogadores indicados.

R$5,00

Conclusão

O Fluminense, treinado por Fernando Diniz tem apreço a posse de bola, jogadas trabalhadas e que se iniciam desde as saídas de jogo através dos goleiros, sobretudo com os pés. Tal trabalho leva tempo e principalmente, muito treinamento. Jogadores que são desprovidos de técnica tem dificuldades e muitas vezes não conseguem se adaptar ao modelo proposto pelo treinador do time das laranjeiras.

Faríñez seria uma opção interessante para o Fluminense por diversos motivos, é o segundo time mais vazado do Campeonato Brasileiro com 19 gols sofridos e ocupa hoje, a 17ª colocação na tabela. A quantidade de gols sofridos esperados pelo tricolor é de 15.05, sendo assim, o 4º time com pior xCG da competição. Em compensação, é o time com mais posse de bola no campeonato, com média de 59,6%.

Dois entraves podem condicionar em uma não contratação do goleiro, primeiro, a sua habilidade com os pés, que já fora supracitada nesse texto. Diniz precisaria realizar um trabalho intensivo junto da comissão técnica e o jogador, de forma que acrescentem ao jogo do atleta e melhorem o seu controle com a bola. Em segundo lugar, o preço (e interesse por parte de equipes estrangeiras), que estaria na casa dos 5 milhões de euros, valor um tanto quanto salgado para o mercado sul-americano. Do outro lado, teríamos um atleta disputando as melhores competições do continente e principalmente, agregando experiência e qualidade ao seu futebol, além de estar em uma maior vitrine para uma futura transferência.

*Foto via Jose Breton-NurPhoto / Getty Images

Comente aqui o que você acha do goleiro Wuilker Faríñez e se acredita que ele tem potencial para se destacar no Brasileirão?

0 comentário em “Scout PFTF – Wuilker Faríñez

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: