Artigos Players Analysis Scouting Reports

5 Players For The Future para se observar na Ligue 1 2019/20

O último texto em que apresentamos 5 Players For The Future dos campeonatos europeus vem da França, e dessa vez, trouxemos alguns dos nomes mais atraentes e de maior potencial a jogarem pela Ligue 1.

Das 5 grandes ligas europeias de futebol, a liga francesa e a inglesa foram as únicas que já se iniciaram, ambas no dia 09/08 e, conforme vinha sendo feito, apresentaremos hoje os 5 Players For The Future para se ficar de olho durante a temporada na França.

Caso você ainda não tenha lido sobre os PFTFs de outros campeonatos, basta clicar nos links abaixo:

Resultado de imagem para timothy weah lille

Timothy Weah, atacante estadunidense de 19 anos – LOSC Lille

Com as saídas dos jogadores de ataque do Lille, o clube francês precisou ir ao mercado para suprir algumas de suas carências ofensivas e, Weah vem para trazer mais versatilidade, velocidade e dribles ao repertório dos Les Dogues. Podendo atuar tanto pelas pontas quanto pelo centro do ataque, Timothy vem para ser mais uma ótima peça para que o time de Christophe Galtier possa atuar seja por meio de contra-ataques em velocidade, com campo e espaço para utilizar de suas principais características, ou com lançamentos às costas dos defesas adversários, de modo que esses não consigam acompanhar os argumentos ofensivos do Lille. Mesmo bastante jovem, o atacante já conquistou 5 títulos em sua carreira: duas Ligue 1, uma Super Copa Francesa, um Campeonato Escocês e uma Copa da Escócia.

Resultado de imagem para osimhen lille

Victor Osimhen, atacante nigeriano de 20 anos – LOSC Lille

Conforme dito anteriormente, o Lille precisava e muito se reforçar, principalmente após a saída de Rafael Leão e Nicolas Pépé – sendo esse último o principal nome do time durante toda a temporada europeia e especulado nos maiores clubes do mundo. Entretanto, Victor vem para substituir o primeiro citado, nesse caso, Leão. E o nigeriano já mostrou em sua primeira partida que se depender dele os torcedores não se lembrarão do português por muito tempo: anotou 2 gols logo em sua estreia (25% dos tentos feitos por Rafael em 18/19), na vitória por 2×1 frente ao Nantes pela Ligue 1. Jogador de boa movimentação cuja ocupação dos espaços nos remete ao seu antecessor, além de uma ótima capacidade de finalização, Osimhen é, desde antes, uma das grandes promessas de seu país, tendo se sagrado campeão da Copa do Mundo Sub-17 em 2015, competição em que fora artilheiro com 10 gols em 7 jogos. Olho nele e em seus novos (e jovens) companheiros.

Resultado de imagem para Jean-Ricner Bellegarde strasbourg

Jean-Ricner Bellegarde, meio-campista francês de 21 anos – RC Strasbourg

Muito versátil, Bellegarde já atuou de volante, segundo homem de meio-campo, meia-ofensivo e meia pelos lados de campo quando jogava pelo Lens e, durante as duas últimas temporadas na Ligue 2, foi um dos melhores médios-centros do clube e da competição. Ter a capacidade de exercer tantas funções em campo exigem algo que sobra no francês: dinamismo. Jean-Ricner pode ser considerado um motor em campo, exercendo pressão no campo do adversário para que se recupere a bola mais rapidamente, ele ainda tem uma boa velocidade e explosão, que o tornam ainda mais seguro durante os movimentos ofensivos e defensivos do time. Com uma competição europeia a ser disputada nessa temporada pelo Strasbourg e com um salto para o próprio jogador que atuava pela segunda divisão de seu país, o francês terá oportunidades de sobra para se mostrar para um público maior (e mais exigente).

Resultado de imagem para Ibrahima Diallo Brest

Ibrahima Diallo, meio-campista francês de 20 anos – Stade Brest 29

Contratado em definitivo após período de empréstimo, Diallo é daqueles volantes/meias que realizam um excelente papel atuando como um box-to-box (área a área), devido a sua percepção de espaço e consequente bom posicionamento, o camisa 6 do Brest tem ainda ótimos atributos defensivos, tais como desarmes precisos e boa marcação-pressão, além de ser capaz de conduzir a bola de forma progressiva sem grandes problemas, controlando-a com qualidade e quando preciso, utilizando de dribles curtos e ágeis que tiram os adversários das jogadas. Foi um dos atletas chave para que o clube retornasse a primeira divisão durante a temporada passada e, a depender do seu potencial e de sua capacidade já demonstrada anteriormente, Diallo tem grandes chances de fazer uma excelente competição num nível acima.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e atividades ao ar livre

Alban Lafont, goleiro francês de 20 anos – FC Nantes

Quando surgiu no Toulouse há 4 temporadas (2015/16), Lafont já demonstrava ser diferenciado debaixo das traves, dono de um reflexo incomum, velocidade e ótima recuperação, o arqueiro francês foi um dos responsáveis por evitar a descida de seu primeiro clube durante 3 anos seguidos, até que se transferiu para a Fiorentina em 18/19. Em terras italianas não realizou um grande trabalho durante a sua (até então) única temporada na Viola, talvez menos pela idade, mas principalmente pela inconstância do time, Alban sofrera 46 gols em 38 jogos, cuja expectativa de gols concedidos (xCG) foi de 37.38. A posição de goleiro talvez seja uma das mais difíceis para um atleta se consolidar desde jovem, entretanto, o retorno à França pode fazer com que o Lafont reencontre o seu melhor momento e se destaque novamente, pois potencial e capacidade ele tem de sobra.

Ajude-nos a crescer

Essa é uma forma de nos ajudar a melhorar. Faça uma pequena contribuição para que possamos fazer mais análises, textos e melhorar cada vez mais a quantidade (e qualidade) dos jogadores indicados.

R$5,00

Enfim, terminamos as apresentações dos Players For The Future de cada campeonato dentre os top-5 da Europa. Acrescentamos ainda alguns atletas para se manter atentos na França: Pedrag Rajkovic, Sidy Sarr, Alexis Blin, Mathias Pereira Lage, Efthymious Koulouris, Harold Moukoudi, Khéphren Thuram, Raoul Bellanova, Domagoj Bradaric, Yusuf Yazici, Joachim Andersen, Jean Lucas e Abdou Diallo.

Terminada a “série”, gostaríamos de saber quais dos textos vocês acreditam que tenham os melhores “jogadores para o futuro” e, nesse caso, que possam gerar valor já no presente para seus respectivos clubes.

0 comentário em “5 Players For The Future para se observar na Ligue 1 2019/20

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: