Artigos Home & News

Andrés Iniesta (e Lionel Messi) no Rangers da Escócia? Isso quase aconteceu graças ao Football Manager

Football Manager nada mais é que um jogo produzido para Windows, Mac OS X e Nintendo Switch onde o jogador assume o papel de um manager de uma equipe de futebol presente em qualquer campeonato e país do mundo. Um manager é, na verdade, não apenas o treinador da equipe, mas aquele responsável por também cuidar das finanças, contratações e dispensas de jogadores/staff e treinamentos individuais e coletivos, tal como foram Arsène Wenger nos tempos de Arsenal e Alex Ferguson no Manchester United.

Anteriormente, o game era desenvolvido em parceria da Sports Interactive com a Eidos Interactive e, até o ano de 2004 se chamava Championship Manager, quando se encerrou o contrato de parceria entre as duas empresas. A partir do ano seguinte, a SI (Sports Interactive) manteve sob a sua tutela toda a base de dados e passou a negociar com a SEGA – enquanto a Eidos permaneceu com a patente do nome -, lançando em 2005, o jogo como conhecemos atualmente.

“De técnico e louco, todo mundo tem um pouco”

A proximidade com a realidade é o que mais impressiona na série, tanto pelos detalhes quanto pela quantidade de informações precisas que são levadas ao público em geral. E foi exatamente esse o motivo dos milhares de “novos técnicos” se apaixonarem pela jogatina.

Em outubro de 2014 o game teve um documentário produzido cujo título é An Alternative Reality: The Football Manager Documentary (Uma realidade alternativa: um documentário do Football Manager) nos cinemas do Reino Unido e simultaneamente em canais de TV em 47 países, entretanto, apenas ontem (07/10/2019) o curta foi postado nas principais redes sociais e canais do jogo.

Spoiler: é um deleite para os amantes do game e de toda a série.

Muitas coisas chamam a atenção durante o documentário que possui aproximadamente uma hora e treze minutos de duração. Seja pela forma como os jogadores levam a sério o trabalho de serem eles mesmos os técnicos dos seus clubes de coração, seja pela aplicabilidade na vida real e pelo auxílio que o game confere até mesmo a clubes da Inglaterra (e do mundo), ou como os próprios integrantes do jogo real – que também são usuários – enxergam e analisam o jogo virtual, tal como Ole Gunnar Golskjaer, hoje no Manchester United, ou Alex McLeish ex-técnico da Seleção da Escócia.

The Sun

Por falar nesse último, um caso envolvendo o seu filho (Jon McLeish) foi o que deu origem ao título desse texto:

Alex McLeish foi o treinador do Rangers entre os anos de 2001 e 2006 e, enquanto o seu pai trabalhava diretamente com o esporte que tanto amara, Jon passava horas a fio treinando times e conquistando títulos, porém, de forma virtual. Acontece que, entre os anos de 2001 e 2002, o filho de Alex indicou ao pai e pediu que esse fizesse uma pesquisa junto aos olheiros do clube de Glasgow, por um jogador que atuava pelas equipes B e C do Barcelona. Esse atleta sequer tinha 15 anos naquela época, e já possuía atributos (características) bastante generosas no game, então Jon avisou a Alex: “esse jogador será um dos melhores do mundo no futuro“, e o pai, sem dar muita bola, retribuiu dizendo que sim com uma palmada na cabeça do filho.

Tanto o Football Manager quanto Jon acertaram, e esse jogador era ninguém menos que Lionel Messi e a história escrita pelos pés do argentino fala por si só. Mais tarde, porém, Alex fora informado a respeito do progresso do jovem do Barcelona e o Rangers entrou em contato com o clube catalão em busca de um empréstimo do garoto vindo de Rosário, prontamente negado pelos dirigentes da entidade, que fizeram uma contra-proposta, dizendo que, apesar de Lionel não poder ser emprestado, eles teriam um garoto que atuava pelo time B que poderia: Andrés Iniesta.

Andrés Iniesta – Football Manager (An Alternative Reality: The Football Manager Documentary)

Ao saber dessa informação, McLeish conversou com o seu filho sobre Andrés, buscando mais informações a respeito do atleta e de como eram os seus atributos no game, e ouviu de Jon que ele era um atleta “muito leve”, mas que ninguém conseguia acompanhá-lo em campo. Uma semana mais tarde, ao procurar o clube espanhol em busca de acertar os detalhes do empréstimo do atleta, o Barcelona informou a Alex que não seria mais possível o empréstimo ser concretizado, pois Iniesta havia atuado pelo time principal e com isso, o técnico do clube iria contar com o jovem pelo resto da temporada.

Diversas histórias são escritas no mundo virtual, desde vencer títulos impensáveis como a Libertadores com a Juventus da Mooca ou a Champions League com o Notts County da Inglaterra, vencer o Campeonato Italiano com o Pordenone ou o Francês com o Paris FC. Além das histórias, táticas infalíveis e jogadores descobertos tal como Messi e Iniesta. O jogo nos proporciona horas de diversão e entretenimento que só quem já participou de uma partida seja pelo Elifoot, Brasfoot, Championship Manager e Football Manager sabe como é!

Abaixo, o vídeo divulgado na íntegra pela conta do Youtube do game:

Obs: o áudio do documentário é originalmente em inglês (da Inglaterra), entretanto, a plataforma nos dá opções da legenda em Português, Espanhol, Inglês, etc.

Jogadores como Ousmane Dembélé, Antoine Griezmann, Felipe Melo, Andros Townsend e técnicos como André Villas Boas, Ole Gunnar Solskjær e outros, costumam jogar FM. Abaixo algumas imagens e tweets dos atletas reais que também fazem parte do público do jogo:

Imagem do elenco do Arsenal (de 2023) gerenciado por Antoine Griezmann

Lacazette pergunta no twitter seguinte a Griezmann onde ele está nesse elenco do Arsenal e Griezmann responde: te vendi para o Huddersfield.

Felipe Melo diz que está ansioso pelo FM 2020 – que será lançado em novembro/19

Você tem alguma história para nos contar sobre esses jogos de gerenciamento de equipes de futebol? Comente abaixo e nos diga qual foi o maior feito, jogador descoberto e o que mais te interessa no jogo.

*Foto via Irish Mirror.

0 comentário em “Andrés Iniesta (e Lionel Messi) no Rangers da Escócia? Isso quase aconteceu graças ao Football Manager

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: