Artigos Scouting Reports

5 candidatos a Revelação do Brasileirão 2019

No texto de hoje elegemos os “5 jogadores candidatos ao prêmio de Revelação do Brasileirão de 2019”, lembrando que, essas são escolhas do próprio Players For The Future, portanto, não há nenhuma ligação com qualquer outra lista que possa vir a circular na internet.

Os critérios para que os jogadores possam fazer parte da lista abaixo são os seguintes:

  • o atleta deverá ter idade menor ou igual a 23 anos
  • deverá ter atuado por no mínimo 15 partidas (40%) do torneio
  • a temporada de 2019 será a de estreia desses jogadores no Brasileiro Série A

Vamos a lista do PFTF:

Resultado de imagem para antony

Antony, 19 anos. Ponta direita brasileiro do São Paulo.

Em seu primeiro ano com a camisa do tricolor paulista, Antony somou incríveis 29 participações em campo, tendo anotado 4 gols e gerado 6 assistências ao longo do torneio. Assim sendo, Antony foi responsável, através dos gols e assistências, por 25% dos gols marcados pelo seu time (39) ao longo das 38 rodadas – se tornando o jogador mais decisivo e influente da temporada do São Paulo.

Jogador de bastante fineza técnica em espaços reduzidos, com ótima capacidade de drible (7.44 / 90min. e 58,3% de acerto), muita velocidade e inteligência em seus movimentos (ataca os espaços como poucos), é bem provável que, de acordo com a política do São Paulo, o jovem seja vendido ainda esse ano para um time médio da Europa.

Um carregador (3.07 corridas seguidas / 90 min.) do calibre do camisa 39, que gosta de se deslocar da ponta para o meio do campo em busca de um remate, algo que ele faz muito bem (2.27 / 90min. e 42,9% de acerto), ou para criar oportunidades de gols (1.3 passes decisivos / 90 min.), poderia receber um esforço maior para continua a servir o clube que lhe formou e lhe apresentou ao futebol brasileiro.

Tamanha a sua influência em campo, ele é, sem dúvidas, um dos grandes nomes da competição e responsável direto pela classificação do tricolor paulista para a Libertadores de 2020.

Gol de Antony diante da Chapecoense: carrega a bola desde o lado, puxa para o centro e remata da zona do funil.
Resultado de imagem para michael goiás

Michael, 23 anos. Ponta (esquerda e direita) brasileiro do Goiás.

Assim como Antony, Michael foi o jogador do seu time com mais gols e assistências no campeonato, o que demonstra o tamanho da influência de ambos os atletas em campo. No caso do mato-grossense, ele anotou nada menos do que 9 gols e concedeu 5 assistências em 35 partidas disputadas.

Se o são-paulino é um jogador de lado mas que contribui tanto caindo por dentro, criando e finalizando, Michael é um jogador cujo estilo de jogo é ainda mais direto e incisivo, um extremo de origem. Muito veloz, o esmeraldino é importante principalmente em momentos de transição ofensiva e de contra-ataques. Habilidoso e com facilidade nas execuções dos dribles (9.16 / 90min. sendo 50,8% de acerto), ele possui um bom índice de gols esperados, com 0.25 xG, o que reflete também o seu bom posicionamento e entendimento de jogo.

Mapa térmico posicional de Michael no BR

Versátil e capaz de levar problemas às defesas adversárias em qualquer posição e situação de jogo, o camisa 11 do Goiás é cotado por muitos para levar o prêmio de Revelação do Campeonato desse ano, e de fato, futebol ele teve de sobra para provar que no mínimo deveria estar em nossa lista.

Golaço de Michael vs Internacional: explosão, dribles e finalização.
Resultado de imagem para yeferson soteldo santos

Yeferson Soteldo, 22 anos. Ponta esquerda venezuelano do Santos.

Baixinho de 1,60m de altura, Soteldo se destaca pelo seu biotipo e habilidade com a bola nos pés. Tal como o camisa 11 esmeraldino, o venezuelano também anotou 9 gols e gerou 5 assistências em suas 32 participações em campo (2.899 minutos).

O camisa 10 santista chegou ao clube a pedido do próprio Sampaoli, e de acordo com o técnico, as características do jogador são essas: “O Soteldo [eu] conheço muito bem, jogou na minha querida LA U de Chile, muito vertical, rápido, surpreende por trás, pode jogar na direita, centro e esquerda. Precisa de liberdade para produzir com o nível dele. Tomara que se enquadre bem com o que precisamos, com [uma] equipe que domine à outra todo o tempo”.

Jogador sub-23 com mais grandes chances criadas (11) pelo Santos e atrás apenas de Gabigol, com 14, no Brasileirão, Yeferson foi peça fundamental para o time do litoral aplicar um futebol ofensivo e de imposição. Vertical, como dito por Sampaoli, o camisa 10 teve em média 4.53 toques na área adversária / 90min., 1.3 assistências para remates e sofreu 1.46 faltas por jogo.

Golaço de Soteldo diante do Goiás, a sua maior vítima no BR/19: 4 gols e 2 assists. em 2 partidas
Resultado de imagem para léo sena em campo pelo goias

Léo Sena, 23 anos. Meio-campista brasileiro do Goiás.

Todocampista‘, Léo Sena foi o principal responsável por ditar o ritmo de jogo do meio-campo esmeraldino nesse ano. Jogador de bastante equilíbrio defensivo e ofensivo em campo, o camisa 20 do Goiás tem capacidade de atuar tanto mais recuado, controlando e gerindo o time desde trás num duplo pivot, quanto mais à frente, como um camisa 10.

Foi responsável por 36 passes decisivos ao longo das 33 partidas que disputou no Brasileirão, com apenas 2 passes a menos que Michael, o líder do elenco goiano no quesito. Por se tratar de um jogador um tanto quanto completo, que possui muitos argumentos (defensivos e ofensivos), Léo é, disparado, o jogador com mais duelos no chão ganhos (282), além de ter tido êxito em 65 desarmes (5 a menos que Leandro Barcia, o jogador que mais desarmou pelo Goiás).

Com uma média de 0.86 assistências para remates por partida, 44.04 passes certos (85,9% de acerto) a cada 90 minutos e 5.55 passes longos (67,1% de precisão) por jogo, o controlador do time alviverde foi crucial para o excelente ano de 2019 do Goiás.

Lançamento longo de Léo Sena diante do Vasco. Uma das suas especialidades.
Resultado de imagem para talles magno

Talles Magno, 17 anos. Atacante brasileiro do Vasco.

Com apenas 1.067 minutos em campo e 15 partidas disputadas, Talles se tornou um dos grandes nomes do campeonato do time cruzmaltino. Precisou se despedir do clube para integrar a Seleção Brasileira Sub-17, campeã da Copa do Mundo da modalidade, mas se lesionou e não atuou mais em 2019.

Estreou no mês de junho, diante do Botafogo, mas marcou o seu primeiro gol diante do São Paulo, em agosto – sendo considerado o melhor jogador da partida. Habilidoso, com a essência brasileira impregnada em seu futebol e de boa capacidade de associação com seus companheiros, o camisa 43 vascaíno tem tudo para ser um dos principais nomes do clube para 2020, visto o que ele conseguiu fazer em tão pouco tempo no time principal nesse ano.

Apesar de ser originalmente um jogador de frente, Talles acabou por atuar pelo lado esquerdo do campo durante praticamente todas as partidas que participou. Por lá, teve a oportunidade de carregar a bola e conseguiu uma média de 2.65 corridas seguidas / 90 min., além de 6.31 dribles com 55% de acerto. Levando em consideração que uma de suas funções pelo lado era servir, ele chegou a marca de 1.56 passes para o terço final do campo (80% de acerto) e 1.79 passes para a área, com 52,2% de precisão.

De contrato renovado até o fim de 2022, o torcedor e o jogador vascaíno prometem viver bons momentos nesse tempo.

Para o PFTF, a lista de revelações do Brasileirão se manteria na ordem descrita do post, com Antony sendo o ganhador do prêmio, mas numa disputa bastante acirrada com Michael, 4 anos mais velho. E para você, qual seria a ordem ideal das Revelações do Campeonato? Monte a sua lista e nos envie.

Agora, comente aqui se você acredita que outro jogador poderia fazer parte dessa lista, e qual deles se encaixariam melhor no seu time para o ano que vem.

0 comentário em “5 candidatos a Revelação do Brasileirão 2019

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: