Home & News

Para onde: Bruno Tabata

É quase que inimaginável que o ponta-direita brasileiro Bruno Tabata continue no Portimonense para as próximas temporadas, seja o clube rebaixado ou não – e se tem alguém que pode evitar que isso aconteça, é ele!

Com números e exibições impressionantes desde a volta do futebol em Portugal, Bruno tem se destacado e conquistado pontos por si só através de suas jogadas ousadas em 1×1 e atitude imperativa em campo. Antes da parada, Tabata havia participado diretamente dos tentos de sua equipe em apenas duas oportunidades, quando gerou dois passes para gols ao longo da competição. Com a retomada da Liga NOS em junho, o camisa 10 do clube de Portimão acrescentou em seu histórico nada menos do que 6 participações diretas em 8 partidas disputadas, sendo 1 gol e 5 assistências, e mais do que isso, elevou a pontuação do Portimonense na competição de modo que o clube saísse da zona do rebaixamento. Brutal.

Jogador de MG com carreira em Portugal é convocado para amistosos ...
Tabata foi campeão com a seleção brasileira no Torneio de Toulon (2019)

FC Porto

Atual campeão português – cujo título foi conquistado ontem diante do rival Sporting -, o clube da cidade do Porto precisa desesperadamente renovar seu elenco para as próximas temporadas, assim como se vê na necessidade de acrescentar jogadores de diferentes estilos visando maior dinamismo dentro do próprio plantel.

Sua contratação viria a calhar especialmente pelo fato dos Dragões não possuírem um ponta-direita canhoto com um perfil tanto habilidoso quanto físico desde os tempos de Hulk – ídolo e multicampeão portista -, além disso, sua capacidade de criar desequilíbrios pelo lado direito associado a sua aptidão criativa, fazem dele um atleta realmente completo. Único jogador fora dos quatro grandes da Liga NOS com o maior número de assistências dadas (7) e abaixo apenas de Pizzi (12) e Jesús Corona (10), Bruno seria titular em qualquer um dos 18 times da Primeira Liga, especialmente nos maiores.

O camisa 10 foi o terceiro atleta com mais dribles tentados na competição, com 205 movimentos praticados e a 7 de Jesús Corona, o único portista no top-10. Sua movimentação e eficiência ao permanecer com a bola próxima aos pés mesmo cercado por muitos jogadores e em pequenos espaços, permitem que ele arrume soluções improváveis como um pênalti ou mesmo que consiga passar de forma perigosa para algum companheiro melhor colocado. Ao lado de Vaz Tê, Bruno soma 13 passes decisivos na competição – os maiores pelo Portimonense -.

Alguns recortes de suas corridas progressivas, movimento em que é muito bom em executar. No último dos 3 vídeos ele arranja a expulsão do adversário ao sofrer a falta no meio-campo.

SC Braga

Com a transferência de Trincão concretizada junto ao Barcelona, o clube terá apenas Bruno Xadas – emprestado ao Marítimo – como alguém de perfil minimamente semelhante a ambos: canhotos atrevidos e versáteis, que produzem muito para o time com suas presenças ora por fora, junto do costado, ora por dentro em busca de gerar vantagens quantitativas e qualitativas, como uma maior presença dos jogadores próximo à área rival e a concentração de adversários a vigiá-los, deixando espaços para outros companheiros se mandarem pelos buracos.

Uma ida para o Sporting Braga seria nada menos do que fenomenal para o selecionável brasileiro, visto que, é o elenco de maior média de idade dentre os 4 grandes da Liga e precisará cedo ou tarde de alguém com atitude e qualidade para “chegar e jogar” no mesmo nível praticado por Francisco Trincão. Enquanto Galeno e Ricardo Horta produzem (em campo) principalmente no lado contrário ao que Tabata atua, o hoje camisa 10 dos Marafados seria uma reposição a altura para a ponta-direita.

Assim como Bruno, o Braga busca mais aspirações para o futuro próximo, seja a nível nacional ou internacional, e esse casamento seria belíssimo de se ver, resultando em uma negociação “ganha-ganha”, onde ambos os lados saem vencendo.

SL Benfica e Sporting Lisboa

Velho especulado no time da Luz, Bruno teria sérias dificuldades em encontrar seu espaço nos Encarnados. Primeiro, que o maior nome do Benfica na atualidade atua exatamente na posição do camisa 10, estamos falando de Pizzi, o melhor jogador do clube na temporada. E segundo, que a chegada de Pedrinho poderia condicionar a uma competição ainda mais ferrenha pela posição, mesmo que esse seja utilizado como um camisa 10 mais centralizado ou pelo próprio lado direito de ataque, algo comum em sua passagem no Corinthians.

De maneira semelhante ao que ocorreria no caso de uma ida ao Benfica, o elenco do Sporting conta com jovens de qualidade, desde Gonzalo Plata a Jovane Cabral, hoje titulares na equipe de Rúben Amorim. Com a dificuldade do equatoriano Plata em se firmar de pronto no time, talvez essa brecha fosse suficiente para Bruno conquistar seu espaço nos Leões, entretanto, Gonzalo é ainda mais jovem e carece de mais oportunidades, algo que obteve apenas após a volta do futebol. Seria uma aposta tanto para o clube quanto para o brasileiro, como não?

Uma coisa é certa: após 116 partidas a serviço do clube situado ao sul de Portugal, essa provavelmente será a sua última temporada com a camisa alvinegra, e sorte terá a de quem conseguir adquirir seus serviços já para a temporada 2020/21.

0 comentário em “Para onde: Bruno Tabata

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: